Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUASE

lisieux

Quase eu te amo assim como eu queria
e quase eu fui feliz como eu sonhei
quase também contigo eu encontrei
a paz que a minha alma perseguia...

E quase eu fui amada de verdade,
quase que eu consegui ser companheira,
ser mulher, ser amante, ser inteira,
quase alcancei a tal felicidade.

E quase hoje eu posso te dizer,
que quase nada tenho que perder
e ainda tenho força de vontade

pra conseguir a todos enganar,
pra me iludir e quase acreditar
que eu quase não me acabo de saudade!

BH - março de 2007

lisieux
Enviado por lisieux em 11/03/2007
Código do texto: T408965

Comentários

Sobre a autora
lisieux
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 65 anos
394 textos (14828 leituras)
3 e-livros (411 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/10/20 13:49)
lisieux