Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POETA LIVRE

Faço- me poema  flor, positivamente
genuíno anseio de ser  de fazer feliz
não faço pela vida que nunca mente,
nem pelo mundo de chagas que não fiz.

Minha mente é clara, lúcida e liberta,
meu coração dual plangente pulsante,
sou irmão carnal de coisa fugaz incerta,
e da certeza dúbia dessa vida errante.

Não vou mudar nada, agora aos sessenta
sou liberto de correntes e de  todas cores
me libertei  na hora que cortei a placenta

Me firmei arrebatando-me a todos temores
e se me deixam solto passarei de noventa
fazendo poesias e espargindo amores...!

Alkas
Enviado por Alkas em 23/01/2013
Reeditado em 23/01/2013
Código do texto: T4099685
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Alkas
João Pessoa - Paraíba - Brasil
5479 textos (372997 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/19 06:11)
Alkas