Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto para a luz de uma fada

Quando a noite da saudade chega e cobre
O horizonte de minh’alma enamorada
Parto afoito procurando a linda fada
Que faísca feito veio de ouro nobre.

Caço a luz de um pirilampo. Transtornado,
Sigo o brilho de um cometa sob o céu
Ganho a negra madrugada, vago ao léu.
Sem lograr achar o rosto iluminado.

Pois, és tu essa entidade reluzente
Que, aflito, penso ver no fosco lume
De uma estrela desbotada e decadente?

Eu não creio! Já que fada benfazeja
Tem na Luz mais do que luz, tem bom perfume
Que meu coração de cão do amor fareja.
Orpheus
Enviado por Orpheus em 17/03/2007
Código do texto: T416551

Comentários

Sobre o autor
Orpheus
Uberaba - Minas Gerais - Brasil, 42 anos
10 textos (299 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/09/20 04:43)