Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desmedida

Foi quando descobri enternecida
Que mais do que querer, eu te amava
Que evitar sentir não adiantava
Que eras o sentido da minha vida
 
A cada vez que os olhos eu fechava
No escuro da lembrança adormecida
Sorrias de maneira desmedida
E a mim toda alegria se juntava

Que eu poderia sim viver sem ti
De certo, sem você não morreria
E o tempo passaria a contento

Mas digo, bem querer do meu encanto
Que muito mais que vida eu teria
Se acaso não tivesses que partir.





Maria Cecilia Hequidorne
Enviado por Maria Cecilia Hequidorne em 08/08/2013
Reeditado em 08/08/2013
Código do texto: T4425557
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Cecilia Hequidorne
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1332 textos (28099 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/19 13:22)
Maria Cecilia Hequidorne