Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Imagem do Google / marinavicarilerario.blogspot.com



- Pintura de Raimundo Cela (CE).




HOMENS DO MAR [487]
 


Arriscam-se do mar às altas vagas,
depois das casas irem madrugada,
lá onde o porto, dentre tantas fragas,
é pobre embarcação, fiel jangada.
 

Deles a faina rende pífias pagas,
mas é das ondas que magra mesada
os jangadeiros carpem grandes sagas,
para manter o lar e a filharada.
 

Noites e dias enfrentando os mares,
quando, felizes, essas velas voltam;
uma, contudo, sem seus tripulantes.
 

E sempre, com receio, vivem lares,
aqueles que os titãs às águas soltam,
no afã de bom regresso, o quanto antes.

 

Fort., 18/03/2014.
Gomes da Silveira
Enviado por Gomes da Silveira em 18/03/2014
Reeditado em 18/03/2014
Código do texto: T4733709
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gomes da Silveira
Fortaleza - Ceará - Brasil
3053 textos (128067 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 04:04)
Gomes da Silveira