Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sem pressa

Sem pressa
 
Levanto cedo e boto meu pé na estrada
Pra minha Mãe Santa eu faço uma oração.
Peço proteção, a mim e a minha família.
Com mãos firmes eu dirijo meu caminhão.

Na pista molhada eu dirijo com cuidado.
Pneus calibrados, freios revisados lá vou eu.
A estrada e longa, e muitos perigos existem.
De todos eles eu escapo com ajuda de Deus.

A vida na estrada os perigos são constantes.
Ninguém e imune a eles por isso eu me cuido.
Nas curvas e lombadas, ali mora o perigo.

Vou dirigindo sem pressa, por que a pressa.
E inimiga da perfeição por isso vou sem presa.
Porque em casa, uma família espera por mim!
 
Volnei Rijo Braga
Pelotas: 12/11/2015
Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 12/11/2015
Código do texto: T5446591
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 74 anos
2317 textos (155553 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/21 18:19)
Volnei Rijo Braga