Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR DE GATO


Esfrega-se em meus pés e nas pernas se entrança,

Corre pro meu reduto e na cama se deita...

Declarando (em miados) a paixão perfeita,

Cercada pelos seus encantos de criança...

 

Mais eis que de repente me morde e me azunha,

Sem nada eu lhe fazer, sem nada lhe falar...

E espalha a sua ira e sai louco a miar

Sem motivo aparente e sem razão nenhuma...

 

E eu saio à tua caça, sou um gato safado

Que morde a tua nuca em cima do telhado

E afoga as suas mágoas dentro do teu cio...

 

Depois volto pra casa e te abandono lá,

Entro bem caladinho e deito no sofá...

Sentindo-me tristonho, carente e vazio.

 

(Nizardo Wanderley)

Poesia registrada.

Xerinho.

Nizardo Wanderley
Enviado por Nizardo Wanderley em 10/07/2007
Código do texto: T558613


Comentários

Sobre o autor
Nizardo Wanderley
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
686 textos (96832 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/05/21 19:28)
Nizardo Wanderley

Site do Escritor