Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOU...

SOU...


Sou madrugada que chora,
revivendo momentos de nostalgia.
No vazio procurando...agora
e,faço da penumbra um vigia

Sou chuva que, reanima vidas
e na aridez ,fecundo sementes.
Satisfaço corpos suados ,ardentes
e ,com carícias alivio as feridas.

Sou mar ,nesse balanço...vai e vem
Que,  nessas ondas serenas,tudo convém.
Me  faço deusa ...e fico nua.

Sou mulher!Talvez mundana,
Errante ,mutante e profana.
Amo, desamo,derramo e esparramo!

Sandrah



Sandra Almeida
Enviado por Sandra Almeida em 22/08/2007
Código do texto: T619058
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sandra Almeida
Cacoal - Rondônia - Brasil, 60 anos
288 textos (6801 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 08:36)
Sandra Almeida