Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Separação

Quisera eu estar para sempre ao lado teu,
Dar-te-ia beijos de amor, apaixonado.
Doravante, já não sou o teu amado,
Findou fácil o que cupido prometeu.

Meu coração era arco-íris, hoje é breu,
E bate forte, mas, porém muito arrasado.
E sangra o sangue de um peito mutilado,
Sem entender porque tudo isso aconteceu.

Peço a Deus, que tu não percas o teu lume,
Que sigas linda, primorosa até o fim.
E eu de longe vou sentir o teu perfume,

Qual o de uma rosa que nasceu no meu jardim.
E eu aqui, fico imerso no ciúme,
E implorando: Amada volte para mim!
Valério Márcio
Enviado por Valério Márcio em 23/08/2007
Reeditado em 23/08/2007
Código do texto: T620525
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Valério Márcio
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
536 textos (46520 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 05:41)
Valério Márcio