Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Biografia

Surgi do encontro das águas,
Da união dos sonhos frustrados,
Revivi, ascendentes fracassados,
Trago comigo, velhas magoas.

Não me retardou, a corrosão do tempo,
Moldei com ferro e aço, o meu coração,
Prosseguindo, nas entrelinhas da razão,
Angustiei, meu incerto momento.

Pois, prescrito estava meu destino,
Antes do mar, da áfrica e da tribo,
Retrospecto rodízio, de José vendido.

Minha cor, afirmou, a eternidade do sol,
Minha alma branca é inapagável farol,
Acredito no amor, porque sou menino.

Gilmar Queiroz
Enviado por Gilmar Queiroz em 29/08/2007
Reeditado em 01/10/2007
Código do texto: T629185

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gilmar Queiroz
Laranjal do Jari - Amapá - Brasil, 41 anos
250 textos (4757 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 21:23)
Gilmar Queiroz