Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SEM AVISO (comentário de Aldo Lopes)


___________________________________________________

Que me venha esse amor que tanto espero!
Sem convite e sem aviso, me entorpeça...
Me doando no prazer que tanto quero,
que nunca mais sozinha eu adormeça...

Tome meu corpo, a alma e a vida
nessa paixão, que há tanto desatina!
Deixe de ser, a flor adormecida
pra se tornar perfume que alucina...

Envoltos nos abraços deste amor
que após nascido, não deixa de crescer,
vivamos finalmente o esplendor!

Nos beijos que sonharmos acordados
mergulhemos bem fundo no prazer...
Você e eu, pra sempre entrelaçados!



                                                ______Aldo Lopes_______


                                               Que me venha esse amor
                                               de chofre e livre de aviso
                                               Que nunca me cause dor,
                                               mas me deixe sem juízo!
                                               _______________________

Obrigado Aldo! Adorei!
Zélia Nicolodi
Enviado por Zélia Nicolodi em 30/08/2007
Reeditado em 03/09/2007
Código do texto: T630309

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Zélia Nicolodi
Curitiba - Paraná - Brasil
651 textos (66901 leituras)
15 áudios (1100 audições)
52 e-livros (3506 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 12:52)
Zélia Nicolodi