Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONETO DE UM DOMINGO DE INVERNO
Lílian Maial



Manhã de claridade arromba o sono,
e invade o escuro plúmbeo, que acoberta
olheiras mal dormidas, de abandono,
que o frio desse inverno o sol enxerta.

O clima desse amor não sabe o dono
do vento, que essas folhas atapeta,
nas ruas do meu corpo, em desabono,
varridas ao sabor que o amor decreta.

Se a água da garoa infiltra a terra,
e a terra, em represália, exala o cheiro,
e entrega a responsável pela chuva,

Teu coração - soldado numa guerra -
perdeu minha batalha - traiçoeiro -
e encaixa no meu peito, feito luva!

*********


Lílian Maial
Enviado por Lílian Maial em 02/09/2007
Reeditado em 02/09/2007
Código do texto: T635548

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.lilianmaial.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Lílian Maial
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1162 textos (254461 leituras)
21 áudios (13794 audições)
3 e-livros (1365 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 02:19)
Lílian Maial

Site do Escritor