Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EU TE AMO

(soneto n.270)

Hoje eu queria apenas ser caça,
e entregar todas ânsias secretas,
matar as minhas dores inquietas,
permitir-me estar bem mais lassa.
*
Hoje eu não queria tal mordaça,
nada de normas e nem de metas;
esquecer-me de rimas, de poetas,
tornar-me só fogo (e só fumaça).
*
Ah! Me toma um tremendo desatino,
um querer tão forte, meio assassino,
que - de meu menino - eu te chamo.
*
E, no imo, minhas forças me deixam,
pois, no coração, letras se enfeixam
gritando claramente um 'Eu Te Amo'!

Silvia Regina Costa Lima

****************************************
Livros à venda comigo aqui na net com preços bem promocionais ou na Livraria Flivi de Vinhedo.
Não fique sem os seus... são lindos! Poesia sempre!
SILVIA REGINA COSTA LIMA
Enviado por SILVIA REGINA COSTA LIMA em 13/06/2018
Código do texto: T6363570
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
SILVIA REGINA COSTA LIMA
Vinhedo - São Paulo - Brasil
1885 textos (348662 leituras)
1 e-livros (754 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/18 08:29)
SILVIA REGINA COSTA LIMA

Site do Escritor