Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

- Ele achava que tudo sabia!




 Ele achava que tudo sabia, dava conselhos mostrava o caminho,
 Queria saber de tudo e de todos, pensamento positivo, sua bandeira.
 Recebia carinhos e pensava que estava retribuindo em dose dupla.
 Às vezes solicito e outras mais ásperas que uma lixa de muro.

 O seu encantamento estava na maneira de sorrir, isso ele pensava!
 Tirava o chapéu como os antigos era um típico galanteador, seu jeito.
 No trato com o próximo o respeito era admirado até elogiado. Coitado!
 Solidão não existia, pois, pensava quando se gosta não existem isso.

 Vale a pena a vida se a alma não é pequena, mas, ninguém sabia dele.
 Do nada ele desaparecia e no cantinho da vida se escondia, para chorar!
 Chorar as saudades dos que se foram e com a duvida do novo encontro.

 No amor quando se gosta o desejo se expressa no olhar, ele era assim...
 Conheceu através das escritas um mundo diferente, todos são astros.
 Não podia ser diferente ele como uma estrela se apagou no firmamento!



-------------------------------------------------------------------------------
LAURO PAIXÃO
Enviado por LAURO PAIXÃO em 06/12/2018
Código do texto: T6520725
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
LAURO PAIXÃO
Cruzeiro do Sul - Acre - Brasil
355 textos (6847 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/18 20:40)
LAURO PAIXÃO