Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A melodia dos malditos

Nem sempre foi assim,
Mas o medo hoje me tem dito,
Nos dias em que a angustia não tem fim,
Ecoa a melodias dos malditos...

De um conflito, que me põe doidivanas,
Conversando com o espelho, e minha imagem nua...
A melodia, que ao meu ouvido engana,
Na tragédia de ter, a saudade tua...

Porém não sou covarde,
Ao não viver a realidade,
Talvez apenas, esqueci de viver...

Pois a vida não pode deter,
A saudade que me põe aflito,
Regido pelas melodias dos malditos...
Marco Ramos
Enviado por Marco Ramos em 24/09/2007
Código do texto: T666343
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marco Ramos
Salvador - Bahia - Brasil, 48 anos
242 textos (18091 leituras)
5 áudios (383 audições)
3 e-livros (414 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 08:52)
Marco Ramos