Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mar de vaga lume

Lembra daquela noite que você quase foi minha?
E não foi, por que teu destino não me pertencia
Mas nossos corpos voaram naquele céu de perfume
E nossos olhos brilharam num mar de vaga-lume

A noite ficou muda para ouvir a sua linda voz
E uma chuva de estrelas tomou conta de nós
Daquela dança que balançou nosso momento
Naquele canto que gerou do nosso sentimento

Com o mesmo olhar que você chegou você partiu
E se foi como uma pétala na correnteza de um rio
No luar que deixou seu sorriso desenhado em mim

Que deixou meu corpo com um cheiro de jardim
Uma página que foi do nosso destino apagado
Um momento que ficou nesse soneto registrado
Jacir Teixeira
Enviado por Jacir Teixeira em 12/06/2019
Reeditado em 12/06/2019
Código do texto: T6671138
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jacir Teixeira
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil
177 textos (2522 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/06/19 19:14)
Jacir Teixeira