Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONETO À TARDE

Uma criança que corre pelas ruas,
Um uniforme que se destaca no asfalto,
Um sol que agora queima no corpo,
Um sapo que se aproxima num salto!

Uma tarde que se adentra na manhã,
Uma mulher que descansa adormecida,
Um rumor crescido que se alonga,
Uma amargura diária que chega incompreendida!

Um vagido que se faz anunciar,
Um descanso que se interrompe bruscamente,
Um suave farfalhar que denota paz!

Um varal que se curva pesado demais,
Um vento que emana lentamente,
Uma tranqüilidade que se acerca do lar...
JOSE LINS
Enviado por JOSE LINS em 29/09/2007
Código do texto: T673242
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JOSE LINS
Lins - São Paulo - Brasil, 62 anos
499 textos (32249 leituras)
26 áudios (1988 audições)
4 e-livros (116 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 05:48)
JOSE LINS