Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

APELO À SAUDADE

Ah minha saudade, tu és triste companheira!
E aqui tão altaneira dentro do meu coração,
Segue-me a vida inteira...sem limites de fronteiras!
A desrespeitar os laços que te impeçam a progressão...

Sabes só pulsar no tempo, tua dor onipresente,
A dilacerar os peitos já reféns da solidão?
Já sucumbo ao teu aperto...tão profundo e pungente,
Mesmo parecendo ausente...és em mim só explosão.

Ah minha saudade...dá-me a tua alforria!
Me devolve a alegria para eu continuar...
Me liberta das tuas garras...das tuas algemas malfadadas

Não quero ser castigada-sem ter mais o que pulsar!
Segue livre o teu caminho...há p'ra ti tantos destinos!
Só não me leva contigo-eu preciso em mim...ficar!
MAVI
Enviado por MAVI em 30/09/2007
Reeditado em 30/09/2007
Código do texto: T674865

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Áudio
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
MAVI
São Paulo - São Paulo - Brasil, 57 anos
5464 textos (342789 leituras)
994 áudios (87128 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 23:20)
MAVI