Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MÁSCARA NO DESPENHADEIRO

Quem és tu para me jugares?
Tu estás preso como tantos outros;
Nos porões fechados de terra suja;
Coberto por lama e lágrimas dos que foram...

Quem és tu? Retirante algoz do meu ser;
Por que me julgas por um dia apenas?
Não sabes tu o porquê da festa...
Findou há tanto tempo num baila.

Estávamos de máscaras pela aparência;
Em noite gélida num terraço sobre mesas;
Onde todos na incerteza rezaram em dor.

Quão fascinante são nossas máscaras!
Sei da prudência antes do ir-se além...
Somos o vinhe seca da existência dolosa.
Sérgio Gaiafi
Enviado por Sérgio Gaiafi em 31/10/2019
Código do texto: T6784317
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Sérgio Gaiafi
Campina Grande - Paraíba - Brasil, 53 anos
1190 textos (7875 leituras)
10 e-livros (163 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/01/20 02:52)
Sérgio Gaiafi