Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONETO À LOUCURA

Eu escuto o que dizem,
Quando eu digo ninguém escuta.
Nessa longa e cruel jornada
Tolice imensa é desistir da luta.
Uma bela caminhada
Eu não posso imaginar
Sem o mínimo de atitude
O mais lógico é recuar,
Pois aquele que pouco sonha
A tendência é naufragar.
Bem ao longe escuto vozes,
Bem de perto sinto a dor.
Se irracional hoje me acham,
Eis que agora isso eu sou.
Sérgio Reiss
Enviado por Sérgio Reiss em 03/10/2007
Código do texto: T678595

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Sérgio Reiss
Fortaleza - Ceará - Brasil, 34 anos
10 textos (621 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/03/21 20:52)
Sérgio Reiss