Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR DE PERDIÇÃO

Minha vida não é um deleite;
Às vezes sinto-me perdido;
Procurando mares em terrar...
Para que eu afogue magoas.

Tudo é deserto para mim;
Ancorado em lágrimas de lenços;
E os lírios que perfumam prantos, dizem:
"Partidos em ventos quando se quer ir..."


Como ser-me-ia tão duvidoso minha mágoa;
Não sei. Talvez os mares não afoguem-na;
Porque a poeira do deserto já enterrou.

E a música em céu de pássaros;
Vestiram-na com minhas lágrimas;
Para chover um amor de piedade enfim...
Sérgio Gaiafi
Enviado por Sérgio Gaiafi em 08/11/2019
Código do texto: T6789758
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sérgio Gaiafi
Campina Grande - Paraíba - Brasil, 53 anos
1128 textos (7253 leituras)
9 e-livros (130 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/19 16:30)
Sérgio Gaiafi