Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desilusão...

Em ti meu olhar se fez luar
O romantismo se tornou canção
Meu lábios trêmulos a esperar
Um único beijo pra redenção

Erguendo pro alto as mãos
Suplico às estrelas a luz
Mas pedidos meus vãos
Meu amor não mais te seduz

Correu o tempo com avidez ...
Passaram -se os dias...
Ou anos se foram talvez.

Não Me lembro...
Sei que tem flores é primavera
Mas o tempo, não espera.


*************


Agradecendo belíssima interação a qual muito me honra
08/11/2019 21:59 - 

Solano Brum

" A insônia, é uma mulher
que não faz distinção com quem deita...
Todos a rejeitam, ninguém a quer...
mas, ela espera o eleito, de cama feita!" 


***************


Agradecendo linda interação do querido mestre poeta
10/11/2019 09:24 -

 Jacó Filho

DESENCANTOS

Uma deusa faz-se humana à minha frente,
E um surto hipnótico muda meu caminho.
Longas noites esperando pra ter o carinho,
Da ninfa que me olha, mas age indiferente.

Mergulho em poemas e sinto seu perfume,
E em cada verso moldam-se os contornos.
Vou criando sonhos e aguardando retorno,
Mas tudo que recebo, é motivo pra ciúmes.

São desencontros fatais a quem ama tanto,
E pensa ter em comum, muitas afinidades.
Desencantos, que bloqueiam da felicidade,
A melhor chance de vivermos os encantos,
Que nos levariam ao céu com naturalidade.
E enquanto espero demora uma eternidade.





Cleir
Enviado por Cleir em 08/11/2019
Reeditado em 10/11/2019
Código do texto: T6790405
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cleir
Barra Mansa - Rio de Janeiro - Brasil
1071 textos (23270 leituras)
2 áudios (170 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/11/19 13:31)
Cleir