Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SEIVA

Roubo as cores da aquarela...dessa plena primavera...
E rebusco minha tela com nuanças de emoção!
Ao lançar ao horizonte meus olhos eternecidos,
Colho todo o colorido,sou só cor em erupção!

Sou flores reflorescidas...Dálias... frágeis margaridas!
Raridade em orquídeas...sou seus calmos tons pastéis
Que acariciam as matas castigadas pelo inverno,
E assim sou um mistério-só jardim-jamais revés.

Fui coração espetado...a temida flor de cactus,
Cujo roxo imaculado já adornou a solidão...
E nos campos de deserto...fui bornal de doce afeto!

Pois Lancei à seca terra a roxa seiva da paixão.
Hoje sou a primavera!-Flor do campo, mas quimera...
Sou a plena atmosfera das flores em comunhão!
MAVI
Enviado por MAVI em 07/10/2007
Reeditado em 07/10/2007
Código do texto: T684638

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Áudio
SEIVA - MAVI
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
MAVI
São Paulo - São Paulo - Brasil, 57 anos
5466 textos (342975 leituras)
994 áudios (87130 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 14:54)
MAVI