Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Velho Cemitério

Repousam, em ti, nestes tristonhos
túmulos, marmóreos e silentes...
As angústias derradeiras e os sonhos,
na umbrosa dum cipreste mansamente.

Vagas em teu solo deserto e triste,
a saudade, silente, com teu banjo.
Entoando quantas lágrimas já viste,
nessas ruas o plangente olhar d'um anjo.

Ai, quando caem as sombras pela rua,
solitária entre as brumas vem a lua,
pálida, a vagar, no céu etéreo...

E outra vez serena com tuas luzes,
uma por uma merencórias estas cruzes,
clareias neste velho cemitério.
ThiagoRodrigues
Enviado por ThiagoRodrigues em 14/02/2020
Código do texto: T6866428
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
ThiagoRodrigues
Itirapina - São Paulo - Brasil, 35 anos
17 textos (163 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/02/20 14:26)
ThiagoRodrigues