Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O trem rotineiro

Sem nenhuma passagem de volta,
Embarco no sofisticado trem
Quem sabe onde esse trem vai
É nada menos que o maquinista.

Com total destreza ele opera
Com coragem e determinação
Quando mais achamos ser mera
A a grande arte da precisão

Quem te leva não é o maquinista,
É o trem cheio de caprichos
Que te leva a uma nova conquista

Os trens são nossa vida
Os passageiros somos nós
O maquinista é Deus.
Wolf
Enviado por Wolf em 18/10/2007
Código do texto: T699965
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wolf
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 26 anos
31 textos (3623 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 05:47)