Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto









O GRITO





Calou-se o tempo diante da fantasia
De súbito o pranto do olhar transbordou
Do angustiante e infeliz cativeiro se libertou
Venceu o imenso vazio que temia
 
 
Cuidou das feridas que sangravam
Num gesto manifesto sem contradita
aqueceu as entranhas que congelavam
Determinou o fim da tristeza maldita
 
 
Sem piedade quebrou a fria imagem cultuada
e a fez desaparecer num toque de magia
findava mais uma trajetória de covardia
 
 
Do arco lançou a flecha certeira
Gritou ao mundo e fez a sua gente ouvir
que seu coração um dia voltará a sorrir
 
 



Luiza Sampaio
Enviado por Luiza Sampaio em 31/10/2007
Reeditado em 11/07/2008
Código do texto: T717788

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Favor citar a autoria de Luiza Sampaio e o site www.luizasampaio.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luiza Sampaio
Santos - São Paulo - Brasil, 63 anos
265 textos (57644 leituras)
16 áudios (2657 audições)
3 e-livros (437 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 16:31)
Luiza Sampaio

Site do Escritor