Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Abobalhado

É... O amor fez morada, lá no peito.
Ocupou todo o espaço que encontrou.
A razão não aceita, mas o jeito
É sentar-se e assistir mais esse xou.

Engraçado e motivo até de riso...
Ver quem ama inteirinho abobalhado,
Conversar como quem perdeu o siso,
Fazer versos, cantar samba quadrado.

Coisa estranha, os caprichos da paixão,
Que não deixa ninguém se vangloriar,
Nem dizer que não bebe dessa água.

Quem é esperto coloca os pés no chão.
Não avança. Conhece o seu lugar.
Sempre é bom evitar a dor e a mágoa.

(Xou – barbarismo)
fiore carlos
Enviado por fiore carlos em 31/10/2007
Código do texto: T718274

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
fiore carlos
Limeira - São Paulo - Brasil
860 textos (318655 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 08:19)
fiore carlos