Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ínvia

Desde Ymir a Gullveig e sem teurgia,
Qlippoth, Dugpas, Mammon, Grendel em massa,
Caldeiam-se em Kanagawa (1), que amordaça,
Númen latebroso em ónus que asfixia.

Por melhor "linha ley" (2) que a tetania,
E a ardejar, qual Kriemhild (3), sob o que laça,
Tempesteia, sibilina, brame a raça
Num vau em perspicuidade que alvearia

Mais que Abramelin, além de Shangri-La (4).
Martela (5) o que liberta (6), na via dum álime.
Somente a malabar Métis abula.

E ao assim abular logra-se longânime.
Semotas as erínias, derruem lá
Onde a caligem Kipling em "If" (7) redime.



(1) HOKUSAI, Katsushika - A Grande Onda de Kanagawa, 1831. 1 xilogravura: ukiyo-e, color.; 26 cm x 38 cm

(2) MICHELL, John, "The View Over Atlantis", 1969

(3) "Das Nibelungenlied", 1200

(4) HILTON, James "Lost Horizon", 1933

(5) ANDRADE, Eugénio "Matéria Solar" 1980

(6) "E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará" (João, 8:32)

(7) KIPLING, Rudyard "If", 1910
Rute Iria
Enviado por Rute Iria em 08/04/2021
Código do texto: T7226878
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Rute Iria
Amadora - Lisboa - Portugal
20 textos (291 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/04/21 09:26)
Rute Iria