Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cores nordestinas (Uma visão agreste)

Não é vermelho não,
O céu que castiga meu chão...
Mas as cores de meu sertão,
Não provem da floração...

Nem da caatinga, fervendo ao sol,
Nem de chuva da nuvem andeja...
Mas da esperança no arrebol,
De uma alma sertaneja...

Andando de pés descalços,
Na busca de um percalço,
Em nome de Deus...

Para matar a fome dos seus,
Nesta seca que desatina,
Destas terras nordestinas...
Marco Ramos
Enviado por Marco Ramos em 05/11/2007
Código do texto: T724233
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marco Ramos
Salvador - Bahia - Brasil, 48 anos
242 textos (18091 leituras)
5 áudios (383 audições)
3 e-livros (414 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 23:49)
Marco Ramos