Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um Verso Celestial

Aquele verso raro, indescritível,
que nunca vem pousar sobre o caderno,
um verso musical que, por eterno,
também ao nosso olhar é impossível,

um verso celestial, indefinível,
que nunca se apresenta ao mundo externo
por tudo que possui de breve e terno
e, sendo superior, é invisível.

Por mais que sempre tente não expresso
a dádiva divina desse verso
no timbre dos acordes que versejo.

O verso que persigo em febre louca
eu sinto declamar em tua boca
na estrofe deslumbrante de um beijo.
Vaine Darde
Enviado por Vaine Darde em 11/11/2007
Reeditado em 11/11/2007
Código do texto: T733253

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vaine Darde
Capão da Canoa - Rio Grande do Sul - Brasil
543 textos (86129 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 22:04)
Vaine Darde