Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu mar aventurado

Meu mar aventurado que navega,
Mar que é feito dos meus sais,
Que conduzem barcos numa espera,
Espera que é meu mundo que já vais...

Vais num mar de lágrimas só minhas,
É o mar de partida à tristeza,
Cada porto mulheres sozinhas,
Sozinhas se despedem com beleza.

Mar com a correnteza da dor,
Com as gaivotas bailando nas espumas,
Espumas,misturam-se com as brumas.

Brumas desse meu mar navegando,
Com os sais de lágrimas levando,
Meus barcos sem porto,nunca amando.



jose duarte
Enviado por jose duarte em 18/11/2007
Código do texto: T742278

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
jose duarte
Portugal, 48 anos
63 textos (12815 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 18:24)