Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Inverno

Ó chuva que inundas a minha alma;
Terrível dor molhada… que arrepia.
Chove lá fora e isso me acalma,
mas sinto o frio… Sem duvida chovia!

O Inverno é quando a alma chora.
Como a adaga… é frio no coração;
Porque a sinto, já aqui e agora,
varrendo de mim, toda a ilusão.

Inverno… Já me arrasto pelo chão,
pedindo clemência do frio que sinto,
molhado e faminto… como um cão.

Inverno… Solto nesse labirinto.
Imploro chorando a tua mão;
Sou homem, esse é o meu instinto.
António Zumaia
Enviado por António Zumaia em 29/11/2007
Código do texto: T758227
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
António Zumaia
Portugal
320 textos (20539 leituras)
71 áudios (5426 audições)
5 e-livros (1758 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 17:56)
António Zumaia