Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fabela do corvo e a raposa


No alto... estava um corvo indolente
a prepar-se para a refeição:
Uma lasca de queijo parmesão
furtada de um menino displicente.

Quando a raposa veio de repente
e pôs-se a desmanchar-se em elogios:
—Como é belo o teu cantar macio!
—Que belas plumas negras, reluzentes!...

—Canta para que o mundo te aplauda!
O corvo abre o bico, eleva a cauda
e emite um corvejar de assombração.

Cai-lhe, do bico, o queijo nessa hora,
quando a raposa come, vai embora
e ensina ao corvo mais uma lição.



Herculano Alencar
Enviado por Herculano Alencar em 01/12/2007
Código do texto: T760490
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Herculano Alencar
São Paulo - São Paulo - Brasil, 63 anos
1462 textos (63933 leituras)
20 áudios (410 audições)
13 e-livros (3837 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 10:36)
Herculano Alencar

Site do Escritor