Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O leitor e o poeta

  

 

Quando leio um romance, ou uma poesia,

eu deixo de ser eu, para ser o personagem.

Que, os poetas criam em suas imaginações,

levando-nos a ir com eles, em sua viagens.

 

Eu, não leio o poeta, apenas leio sua obra,

como não leio o escritor, eu vou mais alem.

Leio sua alma, mas antes procuro entender,

se a mensagem que leio não fere a ninguém.

 

Não vivo no poeta, o poema que ele escreve,

faço mais, acompanho sua alma seu sonho,

neste mundo imaginário, que a poesia trás.

 

Como se fosse uma prece em um mundo novo,

mas, é de um mundo velho que a poesia vem,

é, na poesia onde buscamos o nosso passado!

 

 

Balneário dos Prazeres: 29 / 01 / 2008

Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 29/01/2008
Reeditado em 29/10/2015
Código do texto: T837636
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 74 anos
2317 textos (155553 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/09/21 09:04)
Volnei Rijo Braga