Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

 

Minha varanda

 

Ver-te sentada na minha varanda

ocupando minha cadeira preguiçosa

Era algo que jamais pensei acontecer

pois você era tão mimada e espaçosa.

 

De repente a encontro bem à vontade

sem reparar na humildade do lugar

Pois nada tem aqui alem da natureza

e coisas que você, me dizia detestar.

 

Agora você vem aqui quase todo o dia

senta na minha cadeira, nada me diz,

mas porque vens se permaneces calada.

 

Sei que você diz que a varanda e sua

que esta cadeira foi um presente meu,

depois levanta e vai, sem dizer nada!

 

 

Balneário dos Prazeres: 16 / 02 / 2008

 

Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 16/02/2008
Código do texto: T862430
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 74 anos
2317 textos (155553 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/21 19:27)
Volnei Rijo Braga