Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VAMOS COMPOR (HAIKAIS) GUILHERMINOS ?

DEUS  SEJA  LOUVADO !
QUE A GRAÇA DO  SENHOR  JESUS  SEJA  SOBRE  TODOS NÓS !
JESUS ! – NOME  QUE  SALVA !

***********************************************************
  Que O Senhor Abençoe a vida de cada um de nós!
                   Que Ele Derrame Paz e Felicidade sobre nossas famílias!
                                               ASSIM  SEJA  !

Bondoso Jesus!
Recebe nesta linda manhã de sol e de esperança,
os nossos corações agradecidos!
 Recebe nossa gratidão!

***********************************************************

VAMOS  COMPOR (HAIKAIS)  GUILHERMINOS ?

GUILHERMINO (variação do HAIKAI tradicional)
  O Guilhermino, criado pelo poeta Guilherme de Almeida, preserva a métrica do haikai tradicional : 5,7,5 (sílabas poéticas – contadas só até a última sílaba tônica)

Mas

 O  primeiro verso rima com o terceiro ( folha/ acolha)
No segundo verso, há a rima interna assim: a segunda sílaba do verso, rima com a sétima silaba do mesmo verso :
 
   ( /pas/sei/a/joa/ni/nhaa/lhei/...)
                                           (  É  o / mar/ que/ vem/ pro/cla/mar )

E  TEM  TÍTULO !
**************************************************
GUILHERMINO  56

    OUTONO

                      Sobre  a  seca  folha
                 passeia  a  joaninha  alheia...
                 sem  verde  que  a   acolha !
*************************************************

  GUILHERMINO  57

   PÉROLA

                    “ _ Cosa   molto  nostra ! ”    //  ( coisa muito nossa!)
                  É o  mar  que  vem  proclamar
                         riqueza  das  ostras
**********************************************

     DESOLAÇÃO

                           A   rosa   murchando
                     Num  vaso  chamado  ocaso
                             A   vida   findando

                          *****************

ODE   À   GAIA    //     EM  GUILHERMINOS

  BÊNÇÃO

            Prévio   pontapé
     O  grão  debaixo  do  chão
            Pra  colheita  é
                    ***

DA  TERRA,  TUDO !

           Ah,  terra   que   traz
          saúde    vida    amiúde !
            Clientela   é   voraz !
                        ***

PRIMAVERA

               Flores  naturais...
       A  terra  que  jamais  erra !
             Beleza    demais !
                       ***

   MULTIPLICIDADE

                Alimentação
   Madeira  tudo o que s’ queira!
      Terra  sempre  em  ação !
                     ***

 MÃE - TERRA

             Terras       produtivas
       são   mães   fornecendo  pães...
         Do  bem-estar  são  divas
                       ***
 
  ESSENCIAL
 
             Terra  imprescindível
        pra   vida   ser  bem  suprida...
             E   também   possível...
                        ****

  RENDENDO  GRAÇAS

          Nós    Te    agradecemos
    Oh, Deus !  Por  Cuidados  Teus!!!
         P’la    terra   que   temos !!!
*************************************************

MULHER  MERECE  RESPEITO !
“MEXEU  COM  UMA, MEXEU  COM  TODAS!”

***************************************


                                                                                  INTERAÇÕES

               SIM ! SOMOS  A  MELHOR  ARTE  DO  SENHOR, JACOZINHO!
         OBRIGADÍSSIMA!

                                   De Deus somos parte,
                                 Assim como as estrelas...
                                      Em obras de arte...

**********************************************************
Esther Lessa
Enviado por Esther Lessa em 06/05/2019
Reeditado em 07/05/2019
Código do texto: T6640380
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Esther Lessa
Vitória - Espírito Santo - Brasil
1312 textos (120761 leituras)
118 áudios (7410 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/19 23:42)
Esther Lessa