Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AS REVISTAS DO MODERNISMO

____________________________________________

Estudos Literários

 

À medida que os autores do Modernismo publicavam suas obras, as ideias modernistas iam sendo divulgadas. Entretanto, havia outra maneira de divulgá-las: por intermédio das revistas artísticas que traziam em suas publicações teorias sobre a arte moderna, poemas, trechos de contos e romances, propagadas e avisos sobre os eventos artísticos. Essas revistas, entretanto, não tiveram vida longa, mas nos seus curtos períodos de existência cumpriram seu papel.

As principais revistas modernistas brasileiras foram:

Klaxon - mensário de arte moderna: surgiu em maio de 1922, em São Paulo, logo após a Semana de Arte Moderna. Entre 1922 e 1923 publicou nove números. Foram seus principais colaboradores: Oswald e Mário de Andrade, Graça Aranha, Menotti Del Picchia, Manuel Bandeira, para só citar esses nomes.

Klaxon foi a mais representativa das revistas modernistas. Buscava a ideia de que a arte não deveria ser uma cópia da realidade e cultuava o progresso e buscava a atualidade.

Revista de Antropofagia: conheceu duas fases ou, como diziam seus criadores, duas dentições: 1ª. Revista mensal de oito páginas; de maio de 1928 a janeiro de 1929, publicou dez números. 2ª. Reduzida a uma página do Diário de São Paulo, tornou-se semanal, saindo 16 vezes, com algumas irregularidades, entre 17 de março e 10 de agosto de 1929.

Apesar da vida breve, exerceu forte influência literária. Nela publicaram trabalhos, entre outros, Oswald de Andrade, Carlos Drummond de Andrade, Ascenso Ferreira, Augusto Meyer, Murilo Mendes e Manuel Bandeira.

Estética: surgiu em 1924, no Rio de Janeiro. Entre 1924 e 1925 publicou apenas três números. Dirigida por Prudente de Morais e Sérgio Buarque de Holanda, deu continuidade, no Rio de Janeiro, as ideias da paulista Klaxon. Foram seus colaboradores, praticamente, todos os escritores-colaboradores da Klaxon.

A Revista: surgiu em 1925 e perdurou até 1926. foi responsável pela divulgação do Modernismo em Minas Gerais; seu grande colaborador foi Carlos Drummond de Andrade.

A Festa: lançada no Rio de Janeiro , em 1927, por Tasso de Oliveira. Seguia a linha do movimento espiritualista, o que recrutou um bom número de pensadores, filósofos e escritores católicos. Alcançou grande representatividade literária a partir de 1930.

Revista Joaquim: de circulação nacional, surgiu no Paraná em 1947 e perdurou até 1947. Era editada e dirigida por Dalton Trevisan. ®Sérgio.

________________________________________

Se você encontrar omissões e/ou erros (inclusive de português), relate-me.

Agradeço a leitura e, antecipadamente, qualquer comentário. Volte sempre!

Ricardo Sérgio
Enviado por Ricardo Sérgio em 01/03/2011
Reeditado em 02/03/2011
Código do texto: T2823128
Enviar por e-mail
Denunciar

Sobre o autor
Ricardo Sérgio
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 71 anos
1281 textos (27773332 leituras)
7 e-livros (9888 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/01/19 10:25)
Ricardo Sérgio