Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
 
Experimental Abraço Poético – Suas Regras
É uma criação fácil e de beleza poética. Assim eu vejo.



* Começa com o título alusivo ao tema do poema

* Inicia o poema com um dístico . Uma estrofe de dois versos

* Continua com outra estrofe de três versos e assim por diante

* Podendo compor o poema até uma décima.   Fica  bem bonito,  com uma imagem  poética agradável aos olhos,  com   cinco  ou  seis estrofes ao todo.

* O abraço se dará quando na estrofe final, você  repete  os dois primeiros versos . O dístico. O Poema está abraçado.

* Quanto a rima, pode ter rimas alternadas ou no final de todos os  versos ter a mesma terminação. Rimas como você desejar. O importante é o Abraço Poético acontecer, com o dístico inicial e  o mesmo dístico a se repetir lá no  final,  as estrofes  sempre em  ordem crescente.  Sabemos que as terminações tem musicalidade...  E  o A utor, o Poeta tem sua  bela criatividade.

* Já é um Abraço Poético se você compor o poema com quatro  estrofes e repetir o dístico inicial. Ficará com cinco estrofes.

*Simples assim: uma estrofe de dois versos, outra estrofe com três versos, outra com quatro versos , outra estrofe de cinco versos  e a última  com o dístico inicial.  Nesse fechamento, nessa repetição, se dá o  Abraço Poético.

* Se desejar continue as estrofes em ordem crescente até uma décima e abrace o poema com a repetição do dístico inicial. Mas, o poema  fica  bem bonito  com menos estrofes. Como  já citei acima. 




Pode ser um Abraço Poético:

XX
XXX
XXXX
XXXXX
XX
**************************************************************************************

Dependendo da sua inspiração você pode fazer seu Abraço Poético até uma décima, mais o fechamento com o dísitico inicial. Esse é o limite. Repito:  com menos estrofes fica bem mais bonito aos nossos olhos.  A  imagem poética tem mais encanto
XX
XXX
XXXX
XXXXX
XXXXXX
XX
****************************************************************************************

Observação: qualquer palavrinha com a autora, eu, Rosa Ambiance, estarei feliz em falar com os Recantistas.

Se o Abraço Poétco Agradar, ótimo. Se não , ótimo também.

Convido a todos para prestigiar o Abraço Poético com suas criações nesse estilo.

Desde já os meus agradecimentos. Rosa Ambiance





 
brujaMar_sep11
Abraço Poético 01 - Com rimas alternadas
brujaMar_sep11

Primavera

A primavera é uma romântica estação
Vem sempre florida e sempre amada.

Para a primavera faço versos e até canção
Amo bem mais e fico leve de alma lavada
Até presenteio flores para um irmão .

Nessa estação até declamo Neruda na madrugada
E sei, ele ouve seus versos lá outra dimensão
Mesmo do outro lado, a primavera é amada
Primavera vira verso, vira saudade e oração.

Se diz que amores não vem na hora errada
A primavera é plena de amor e de emoção
Estação que vem na hora certa e tão esperada
Encanta-nos! Acompanhados ou em solidão
Para nós, Deus deixa a primavera bem esmerada.

A primavera é uma romântica estação
Vem sempre florida e sempre amada.

Rosa Ambiance









 
brujaMar_sep11
Abraço Poético 02 - Rimas com a mesma terminação
brujaMar_sep11



Eu Voltei

Hoje estou aqui! Eu não te abandonei
Por tantos caminhos eu andei e voltei.

Volto fortalecida pelo que vivenciei
Reconheço que foi pouco o que eu te dei.
Creia-me, jamais de ti eu esquecerei.

Não tente entender os motivos que silenciei
Importa-nos, saber que de ti eu lembrei.
Nas noites enluaradas eu te imaginei
Nos dias de sol, te lembrei e em ti brilhei.

Passei por motivos torpes e até chorei
Senti falta de ti, das flores, e me conformei
Pensei, hei de voltar! E muito lutei.
Para que hoje estivesse aqui só eu sei
Até sonhos acinzentados eu sonhei.

Otimista que sou, da tristeza me desvencilhei
Passei a plantar flores nos jardins que eu criei
Na minha utopia de poetisa muito eu alcancei
Caia e levantava, mas em quimeras eu até dancei.
Confesso que fiquei feliz com a saída que inventei
Acreditem, com muita gente eu me encontrei.

Hoje estou aqui! Eu não te abandonei
Por tantos caminhos eu andei e voltei.


Rosa Ambiance



cache_1981319810.gif
 
RosaAmbiance
Enviado por RosaAmbiance em 24/10/2017
Reeditado em 30/10/2017
Código do texto: T6151682
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
RosaAmbiance
Itabuna - Bahia - Brasil
834 textos (52469 leituras)
1 e-livros (87 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 11:09)
RosaAmbiance