Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Em escolas primárias, secundárias e de nível superior é lamentavelmente comum professores desinformados ensinarem, ou melhor, manterem a ignorância dos alunos sobre o modo metodológico de se elaborar um resumo: tais professores insistem em dizer para os alunos grifarem o que ACHAM importante no texto e depois emitirem sua opinião. Nada mais incorreto a fim de distanciar o aluno da interpretação de textos porque em RESUMO o que "eu acho", "o que é importante para mim" não interessa: esse é o terreno dos leigos, dos palpiteiros e não dos acadêmicos.

 

O resultado desse império da ignorância diplomada: alunos de graduação e pós-graduação (lato sensu e strictu sensu) terminam seus cursos pagando aos outros para elaboração de suas monografias, dissertações e teses: o problema não é pagar, mas iludir-se ACHANDO que se sabe algo e engrossando os motivos para precarização do mundo do trabalho pós-diploma na mão. E os que continuam ACHANDO que sabem, quando se atrevem a enviar artigos para publicação em revistas científicas, obviamente os seus textos, quando lidos, são recusados.

 

Por mais trabalhoso seja, inicialmente, o exercício para se aprender a fazer resumos válidos e acadêmicos, metodologicamente corretos, uma vez aprendido, o hábito de elaborar resumos torna-se praticamente automático.

 

Para a compreensão de um texto, composto de palavras, frases, parágrafos, períodos e orações é necessário identificar as idéias acessórias, as idéias principais e as idéias centrais de cada parágrafo (supondo-se que quem escreveu o texto também saiba escrever, de acordo com a língua culta de seu país).

         Acessórias são as idéias dispensáveis à          

          compreensão do(s) enunciado(s).

         Principais são as idéias indispensáveis à

          compreensão do(s) enunciado(s).

         Centrais são a síntese das idéias principais.

 

1 – Enumere sucessivamente todos os parágrafos, independente de títulos e subtítulos do texto (1, 2, 3, 4, 5...).

2 – Extraia de cada parágrafo:

a) as idéias acessórias

b) as idéias principais

c) as idéias centrais

3 – Descarte as idéias acessórias.
4 - Agrupe as idéias centrais, retirando-as da apresentação em tópicos, e transforme-as num texto único, de sentido completo. Este texto, formado com as idéias centrais (do autor do texto), é o Resumo informativo ou analítico.

Resumo informativo ou analítico contém as informações fundamentais contidas num texto, dispensando-lhe a leitura imediata; em periódicos científicos este resumo contém objeto de estudo, proposições ou pressupostos, marco ou referencial teórico, objetivos, metodologia, resultados e conclusões.

Resumo indicativo ou descritivo descreve a natureza, a forma e o objetivo do texto escrito cujo conteúdo não pode ser apresentado abreviadamente; portanto, a leitura do texto completo é indispensável.

Carlos Fernandes
Enviado por Carlos Fernandes em 28/08/2007
Reeditado em 04/09/2007
Código do texto: T626838
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Carlos Fernandes
São Mateus - Espírito Santo - Brasil
320 textos (1674544 leituras)
5 e-livros (10500 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 08:31)
Carlos Fernandes

Site do Escritor