Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

 
Qual é o certo, a poeta ou a poetisa?

A palavra poeta existente em português desde o século 14 – derivado do latim poeta, que tinha vindo por sua vez do grego poietes (“autor, criador”) –, poeta nasceu como substantivo masculino e manteve essa condição por séculos a fio e ainda hoje aparece assim nos dicionários atualizados 2018, para designar uma mulher que escreva versos, diz a  nossa tradição cultural ser também de bom tom e respeitoso usar o termo poetisa. Uma mudança profunda vem ocorrendo há tempos com a palavra poeta.  

O termo poetisa ganhou, com o passar dos anos, uma carga semântica pejorativa e muitas vezes é substituída pelo termo a poeta..

Afinal uma mulher que escreve poesia é uma poeta ou uma poetisa?

Novamente, para  o desespero dos boçais linguísticos que odeiam a riqueza da língua portuguesa, por lhes privar do prazer de apontar erros aos demais e corrigi-los, é este um caso em que tanto faz: “a poeta” é forma tão correta quanto “a poetisa”, como se lê em boas gramáticas atualizadas e na mais recente edição 2018 do Dicionário Houaiss:

Você deve ter aprendido sobre gênero do substantivo, não é mesmo?  Em classificações do substantivo quanto ao gênero, número e grau, uma tabela que dava aos substantivos masculinos seus correspondentes no gênero feminino. Assim, nessa ordem. Você se lembrará de alguma vez ter visto uma tabela em que os substantivos femininos ganhavam destaque sobre os masculinos?  "Aposto que não..."
Provavelmente deve ter se recordado, constava o substantivo poeta e seu correspondente feminino. Aprendemos e culturalmente dizemos e escrevemos que o feminino da palavra poeta é poetisa e, assim utilizamos esse termo sem que sobre ele pairasse qualquer tipo de dúvida, e seu uso era tão certo quanto uma soma de elementos exatos. Contudo, nos últimos anos, uma nova discussão tem rondado os tão sacralizados substantivos femininos, e o termo poetisa entrou na roda de debates, tornando-se alvo de polêmica.

Como polêmica? O termo poetisa passou a ser contestado por ter sido atribuído a ele um significado pejorativo, cuja carga semântica denotava certa diminuição, interiorização da literatura produzida pelas mulheres, que durante muito tempo permaneceram à margem de um padrão que priorizava o ponto de vista masculino em qualquer tipo de produção intelectual. Sendo assim, muito antes das questões evidenciadas pelas teorias feministas de gênero ganharem espaço, algumas escritoras no presente e no passado já se apropriaram-se do termo poeta para intitularem-se, compartilhando com os homens a designação desse ofício também o que não está errado.

 
Eu canto porque o instante existe
e a minha vida está completa.
Não sou alegre nem sou triste:
sou poeta.

 _Cecília Meireles_

 ----------

Não sou poeta:
Sou apenas um eterna
amante da vida, da poesia
e da incrível arte do AMOR
E assim...
Expresso em palavras todos
os sentimentos que transbordam 
da minha Alma!
_ Renata Mangeon_


 ----------

Cecília Meireles, muito antes da ampla divulgação das teorias feministas de gênero, intitulava-se poetaPoesia brasileira do século 21, Ed. CBJE
A gramática normativa estabelece uma divisão para o grupo de nomes com dois gêneros: feminino, cuja marca desinencial é [-a], e gênero masculino, que não é marcado. Os dicionários demarcam minuciosamente as acepções nos nomes masculinos, enquanto os nomes femininos ficam relacionados sempre com o primeiro significado. Você já deve ter percebido que o assunto oferece muito “pano para a manga”, extrapolando as fronteiras de uma simples discussão gramatical. Entretanto, vale lembrar que as duas formas para referir-se às escritoras, poeta e poetisa, são válidas, pois são dicionarizadas e admitidas na linguagem escrita e oral. Agora que você já sabe um pouco da história, pode escolher qual termo usar, certo?  "Poeta” pode ser masculino ou feminino postado e escrito em masculino ou feminino, sem sexíssimo na língua por dicionário  e gramatica.

 
Texto Judd - Pesquisas Dicionário Houaiss, Veja, Biblioteca Nacional, BN Portugal, Mundo Educação e abordagem do tema na Oficina d' Criação Poética .
 
Judd Marriott Mendes
Enviado por Judd Marriott Mendes em 25/05/2018
Reeditado em 25/05/2018
Código do texto: T6346426
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Judd Marriott Mendes
São Paulo - São Paulo - Brasil
2762 textos (88560 leituras)
804 áudios (20624 audições)
198 e-livros (10834 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/06/18 15:32)
Judd Marriott Mendes

Site do Escritor