Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A vida: Sua frequência e seu balanço

 Desde sempre a vida é onde estamos, ou ao menos onde nos lembramos e, nos cerca  sobre e fora dela perguntas às quais são respondidas com crença ou extremo racionalismo . Estranho em tempos atuais ainda não termos visto que entre um lado e outro existe um caminho no meio, e com isso, ainda a quem  continua no retrocesso de dizer “Sou sábio e aquele é o ignorante”. Não percebe que entre ser o sábio e o ignorante existe o meio termo?- Qual?- Opinar corretamente. Sabe-se, que o dever de cada um e de cada uma antes de dizer sobre alguma coisa, de alguém, sobre cultura e etc, é muito válido se por no ponto de vista alheio.
Sabendo disso, vamos falar sobre a vida de vários lados, não apenas como um romântico, falando de amor, não apenas como um religioso falando de como deve-se manter os princípios, não apenas aos olhos de um homem de ciência, e todos os outros, se falamos em diversidade, e vivemos em diversidade, cada qual em sua peculiaridade, vamos em frente com isso. Há algum tempo me pego revendo a frase “Somos todos iguais” e tenho um pensamento completamente contrário. Eu diria, para corrigi-la “Somos todos diferentes” e dado a diferença deve-se respeitar o próximo. Observe em um grupo, se tem alguém semelhante e falhará, procurará semelhanças em gêmeos além do fenótipo e falhará. Nisso já deve ter percebido que não somos todos iguais, muito pelo contrário , somos todos diferentes e com isso a conclusão maior é : Não sou mais, muito menos sou menos, eu sou apenas eu, apenas, diferente.
Somos fontes de uma mesma origem, feitos de órgãos, que são composto por células, que por sua vez são feitas de moléculas, que são feitas por átomos dentro deles, existem os prótons neutros e elétrons, os prontos e neutros que são compostos pelos Quarks, adentro deles existe o  bóson de Higgs que “abaixo” dele existe o vácuo quântico que seria o espaço no qual aparentemente não existe nada para um observador qualquer, mas que contem uma quantidade mínima de energia, campos eletromagnéticos e gravitacionais principalmente e partículas virtuais(partículas de força) interagindo entre si. Em alguns documentários que vi, como a ciência não explica Deus, a resposta pra esse vácuo quântica é que o vem do nada (Por isso, chamado de vácuo), mas de um lado de crença se ver como a explicação do Criador. Mas, como a questão é opinar corretamente, quero que veja o regresso do dito acima,  dos órgãos até o vácuo, veja o contrário: imagine a onda que se encontra numa frequência e uma velocidade imaginável, ela por ela mesma reduz uma parte, que da origem ao bósson de Higgs, que se agrupam diminuem a frequência e forma-se os Quarks que se reagrupam e reduz a frequência, se tornando prótons e neutro e os elétrons, que por sua vez se reúnem e dão origem aos átomos, que se reagrupam e diminuem sua frequência, formando células, que formam órgãos e que se reagrupam formando você ( e assim com todas as coisas).
Somos todos da mesma  fonte! Podendo assim imaginar que somos todos sim a mesma coisa, e o milagre está aí. Desde o princípio somos frequência, 7 bilhões de pessoas em frequência, gerando seus campos, com seus sentimentos, seu raciocínio, sua história, vidas, com vidas, e a minha  é  pertencente ao todo de todas onipresentes, me faz sentir como um equilíbrio divino. Fácil compreender que importado nesse meio sou apenas mais um. Todas as vidas tem o mesmo valor, sendo só mais uma vida IGUAL outras, por que seria válido usar uma parar tirar outras? Menosprezar? Agir com preconceito?  Se de todos os animais presente e o único rapaz de atingir o COGITO somos nós, por que agimos como se fossemos acéfalos? Se de todos os mundos somos o melhor deles, temo eu, o pior deles. Mas como do mito trago à realidade. Se espalhou no mundo os males da caixa de pandora, e acredito que o pior deles – a esperança- está a cerca desse espaço presente que vivemos. Pois, mesmo vendo a ignorância, incapacidade, incoerência, estupidez, acredito que um dia indo pode-se inverter . Acredito que os bons- homens de virtude- possam “dominar o mundo”. Pois, por fim, me desprendo do determinismo, dado uma vez que pelas escritas passadas o homem era levado para o mal caminho (influenciado pelo meio). A questão é a seguinte : Por que o homem diante do determinismo só é levado ao Caos? Não há nada que leve o homem ao lado coerente? Como resposta digo a vós : O homem é livre, e pode muito bem pro si só escolher o que se faz, não precisa de  meio. Como Kant diz “ Vivemos em época de esclarecimento, mas nem todos são esclarecidos”. Seguindo este credo, no meio disso tudo, o que se pode fazer é o mínimo ter uma vida que valha a penar ser  vivida, uma que os outros lembraram de você uma dia, na sua falta, na ausência, quando partir.
Pois, somos eternos, não imortais e uma boa lembrança viverá para o sempre, seja ela saudade, alegria ou a angustia pela nostalgia de um dia que não passará mais contigo. E como todos os lados haverá aquela pessoa que nunca terá lembrança, e espero essa não seja você.
Ensaios de pensamentos
Enviado por Ensaios de pensamentos em 18/07/2019
Código do texto: T6699062
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ensaios de pensamentos
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 18 anos
7 textos (117 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/09/19 08:52)
Ensaios de pensamentos