Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Alguns (quase) sinônimos, de significados um pouco diferentes.


                       OBSERVEM ESTES PARES DE TERMOS :

                1) SEQUESTRAR / RAPTAR
                2) ROUBAR        / FURTAR.

                        Á primeira vista, cada um dos pares de termos
acima se equivalem, ou seja, são (OU SERIAM) SINÔNIMOS.
                        Em verdade, não é bem assim.
                               Acompanhem :

SEQUESTRAR X RAPTAR :
Há sequestro se algo (/alguém) nos é retirado, MEDIANTE O USO DA
FORÇA OU POR FORÇA DE ALGUM TIPO DE INTIMIDAÇÃO.
    Por exemplo : Uma criança é retirada dos braços da mãe por um
                       desconhecido, SOB A MIRA DE UMA ARMA,   para
                       ser negociado o resgate.
   Neste caso, HOUVE SEQUESTRO, porque o que foi retirado da mãe
   ocorreu por força de algum tipo de intimidação.

RAPTAR
    Se um pai separado da esposa e que, por decisão da justiça,
    perdeu a guarda do filho ou ficou proibido de vê-lo diariamente,
    esse pai, se, num gesto de desespero, na calada da noite, con-
    seguir acessar a casa da ex-esposa e pegar a criança dormindo,
    SEM TER UTILIZADO QUALQUER TIPO DE FORÇA OU DE INTIMI-
    DAÇÃO, neste caso NÃO HOUVE SEQUESTRO, mas sim, RAPTO.


O mesmo acontece com os termos ROUBAR e FURTAR.

    ROUBAR é o ato que tem as mesmíssimas características       do
               SEQUESTRO, pois, num roubo, a vítima entrega seus per-
               tences por ser alvo de violência (soco, etc) ou intimida-
               ção com uma arma de fogo.

    FURTAR é o ato que tem as mesmas características do RAPTO   ,
               porque o FURTO CARACTERIZA-SE PELA SUBTRAÇÃO DE
               UM BEM, SEM USO DE VIOLÊNCIA OU INTIMIDAÇÃO.
               Por exemplo : uma senhora, descuidada, vai com uma câ-
                                  mera de vídeo em uma área perigosa.   Um
                                  bandido, retira esse objeto de suas mãos
                                  sem que ela perceba e o leva embora.

                A PROVA INCONTESTÁVEL DA DIFERENÇA ENTRE ROUBAR
 E FURTAR   é que há a DELEGACIA DE "FURTOS" E "ROUBOS"...

                            (AMANHÃ TEM MAIS. - falaremos das diversas
                             classificações morfológicas da palavra "A".
                             NÃO PERCAM!!!)

                                               tchau !
pedralis
Enviado por pedralis em 10/10/2007
Código do texto: T688959
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
pedralis
Salvador - Bahia - Brasil
3731 textos (4219302 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 04:10)
pedralis