Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

COLETÂNEA (057)

                         CABRA macho VALENTE

                        No cheiro de mato verde
                        também de terra molhada,
                        zeloso recolhe a boiada.

                        Fogão à lenha, café fumega,
                        cheiro forte de aventura
                        broa de milho na mistura.

                        Jeito humilde de caboclo,
                        não tem pressa na labuta,
                        com coragem vai a luta.

                        Pro seu santo padroeiro,
                        fumaça, fogo, devoção
                        tem fervor no coração.

                        Em céu estrelado com luar,
                        sua viola vibra, cai na dança
                        apaixonado na noite avança...

                                      15/11/16

                   Minha Gratidão - Interações Amigas

                                Verdana Verdannis
                         Bravo. Um show de tercetos.
             Todos excepcionalmente inspirados. Parabéns.

                                   POETA OLAVO
                  Ambiente bucólico retratado por você
                 com talento e inspiração prezado Haley.
                Sou fã de textos sobre o nosso cotidiano.
          Chegaste com tudo. Parabéns e abraços poéticos.

                                  António Souza
Belos tercetos criação gigante. Gênio! - Aplausos! Meu abraço!

                                 Bernard Gontier
                  Cenas de um saudoso Brasil. Abraço.

                            Francisco Luiz Mendes
        Eita que beleza de coletânea, cabra macho valente.
                Bravo! Maravilhosos tercetos. Parabéns!

                                 Fabiana Helena
            Lindo demais Haley. Sou do interior de Minas
          e sua poesia retratou minha infância. Parabéns!

                              Aluízio A C Amorim
              Belo terceto Haley! Como sou nordestino,
           assevero que descreveste maravilhosamente
     uma típica  noite do nosso chão interiorano! Aplausos.

                                    Tom Oliv
            Belíssimo. Uma coletânea de primeira linha.
            Esta ficou demais falando de terra molhada,
                mato verde e fogo a lenha. Parabéns...

                                  Vania Lopes
              nossa me deu saudades de Cambuquira.
                que maravilha! parabéns para todos!
Haley Romario
Enviado por Haley Romario em 14/08/2019
Reeditado em 24/08/2019
Código do texto: T6719959
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Haley Romario
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
2221 textos (59267 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/08/19 02:21)
Haley Romario

Site do Escritor