Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

2020 SERÁ UM ANO EXCELENTE!


*Nadir Silveira Dias


Tanto por aspiração, auspícios, augúrios e regozijo, mas também por análise e definições de aonde ela nos leva, é que considero que 2020 será um ano excelente! Em todos os níveis, em todos os setores!

As artes serão amplamente favorecidas pelos altos índices de ímpetos de criação e a adoção de melhores viabilizações de custeio, tanto no âmbito público, quanto privado.

As ciências, de há muito favorecidas pela capacidade de visão de seus desenvolvedores e da conjugação de fatores que as estimulam e incentivam, vão ter em 2020 um empuxo muito grande, pois a premência é latente e o mundo não pode esperar mais para tomar providências que há muito são proteladas. A vida é hoje, amanhã será depois!

A economia, com novos rumos, tende a deslanchar de um modo absolutamente inovador, inventivo e muito mais rentável! Mas precisa ter presente que a inovação somente avançará se for precedida, desenvolvida, estimulada e baseada na simplificação de todos os atos que permeiam todas as atividades. Ela, como os demais setores, não aguenta mais ser tomada como lacaia, como se os seus agentes fossem bandidos, e desenvolvedores do caos. E pela simples razão de que a simplicidade, a simplificação, ao contrário das complexidades múltiplas, espanta, afugenta, não permite a presença ou a instalação do caos. E caos é bom somente para quem dele se aproveita. Você saberia intuir quem se beneficia do caos?

Aliás, é bom e altamente necessário assinalar em altos brados, que nenhuma dessas aspirações e desejos será capaz de se concretizar caso não seja desatado o nó górdio que tem emperrado tudo neste belo País desde décadas: A repartição do Poder Político. Bem ao contrário, o que se tem visto é a concentração cada vez maior, em detrimento da autonomia e da capacidade de gestões de esferas específicas no próprio âmbito de sua territorialidade. Da rua, da quadra, do distrito, do município, as decisões passam para um ente longínquo que todos apenas sabem que os recursos são carreados para lá. O que faz com que tudo que deva andar, fique paralisado ou em compasso de espera e a vida não espera.

A vida não pode esperar! Aos poderes constitucionais compete a alta missão de efetivar a repartição do poder político que hoje está todo concentrado na União. E isso através de uma reforma tributária real, que não seja facciosa, falaciosa, enganosa, ou meramente ainda mais inabilitadora do desenvolvimento nacional, mais inabilitadora do crescimento econômico, do desenvolvimento social, mais inabilitadora do crescimento de todos os índices de alavancamento do Produto Interno Bruto para que ocorra a melhoria de todos os habitantes do Brasil.

Sem a consequente reforma político-tributária que realmente modifique os males que se aprofundaram nas últimas três décadas, não adianta falatório, não adianta tró-ló-lós!

Não adianta sequer aduzir que não se sabe o que é isso. Sabe-se sim! Reforma política não é reforma partidária. Reforma política é a repartição do poder através da adequada distribuição de tributos. Não é possível que a União carreie para si setenta por cento (70%) de tudo que é arrecadado no País, este belo Brasil, que não quer mais continuar de pires e chapéu na mão! Basta!

Em 2020 a Justiça se fará!


29.12.2019 - 14h27

* Jurista, Escritor e Jornalista

Publicado no Jornal do Comércio:
https://www.jornaldocomercio.com/_conteudo/opiniao/2019/12/718923-2020-sera-um-ano-excelente.html

Nadir Silveira Dias
Enviado por Nadir Silveira Dias em 31/12/2019
Código do texto: T6830879
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Nadir Silveira Dias
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
1091 textos (162864 leituras)
3 áudios (84 audições)
4 e-livros (387 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/01/20 08:48)
Nadir Silveira Dias