Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DEZ TROVAS DE AMOR PARA CARLA 3

No leito onde dormes anjo
Um Céu e um jardim em flor
Formam harmônico arranjo
A simbolizar o Amor!



Poderias existir
Do meu lado quando penso?
Pois, não posso resistir
A este amar, por ti, IMENSO!



Se a vida fosse tão vera
Como amo o seu coração
O ano todo: a primavera
Seria a única estação.



Como preciso de TI!!!
Minhas mãos escrevem poemas
D'alma ecoando o que vivi
Naquelas horas supremas!



Será que meu poema ela ouve
Enquanto declamo n'alma?
Um dia muito belo houve
Li-os, aos seus pés, com calma...



Minha Carla amada bela
Te ofereço um calor forte
Como sinal que n'alma estrela
De ti um SOL que é meu NORTE!



Em transe: -- à suprema luz --
Eu descrevo no meu diário
Teu concreto, que conduz
Vida! Ao teu imaginário!



Vem oh! silêncio inspirante
Encher de poesia o dia
Desse homem feliz e amante
Que vive em pura alegria...

Vem sem medo declamar
Que a eternidade chegou
No dia em que o sonho de amar
Com as mãos ele pegou...



Eu encontrei meu tesouro
Mais brilhante e mais valioso
Quando descobri ser de ouro
O teu coração precioso...



Uma onda batendo louca
Sobre rochedos marítimos
É como beijar tua boca
Na ânsia dos desejos íntimos.
(Alexandre Tambelli, para Carla, durante o ano de 2005).

Alexandre Tambelli
Enviado por Alexandre Tambelli em 08/08/2006
Reeditado em 01/10/2013
Código do texto: T212171
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Alexandre Tambelli
São Paulo - São Paulo - Brasil, 52 anos
674 textos (146529 leituras)
8 áudios (3209 audições)
1 e-livros (410 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/04/21 07:05)
Alexandre Tambelli