Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Donzela se confessa ao Padre do Condado

Santo Padre, hei amado,
sãos instantes de ternura:
por que desejo é o pecado...
minha dor... minha loucura?

De nuvens o sol se cobre,
não muda as fases a lua,
divido o amor entre um nobre
e um plebeu que me ama nua!

Assim gira o carrossel,
todo o tempo, aventureiro:
choro por um menestrel...
durmo com um cavaleiro...

Rezo doze Ave-marias,
jamais finda essa novena:
entorpece as alegrias
o veneno da falena!
Nelson Schocair
Enviado por Nelson Schocair em 24/10/2005
Reeditado em 24/10/2005
Código do texto: T63038
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Nelson Schocair
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
416 textos (361053 leituras)
2 e-livros (327 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/08/20 02:38)
Nelson Schocair