Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
==========================================
"Não se pode apertar mãos com os punhos fechados."

Indira Gandhi (1917/1984)
Ativista e primeira-ministra indiana, governou o país entre
os anos de 1966 a 1977 e de 1980 a 1984.
==========================================


A TROVA DO DIA - XVII
====================================== 
   
L Á P I D E "

Sob a pedra alguém dormiu,
Num sono eterno no fundo,
Muito sonho então sucumbiu,  
Como nau em mar profundo.

====================================== 
----------------------------------------------------------------
N.A.: "A TROVA DO DIA" é um projeto de publicação em série de quadras poéticas de minha autoria por tempo indeterminado. Maiores informações a respeito constam das sete primeiras publicações.
-------------------------------- 

=======================================
Abraços
=======================================


Interações (meus agradecimentos):

30/04/19 10:13 - Norma Aparecida Silveira Moraes
NO SÍMBOLO DA LÁPIDE
A ALMA ENTÃO DORMIU
ACORDANDO NA ETERNIDADE
OU JÁ ENCARNOU, EVOLUIU.
------
A ALMA EM PENSAMENTO
ENCARNADA AQUI NA TERRA
CONSTRÓI COM SENTIMENTOS
NA EVOLUÇÃO QUE SE ENCERRA.
------------------------------------

30/04/19 12:40 - marciusantos
Serei longevo sobre a mármore 
Pois hei de escrever um livro 
E plantar ao menos uma árvore 
Compreender o que não decifro. 
------------------------------------

30/04/19 12:53 - Luiza De Marillac Michel
Inscrita letra fria
No sonho se eternizou
A vida em elegia
Na lápide preconizou.  
------------------------------------
30/04/19 18:35 - Cleir
Dia triste foi vivido
Pra quem assistiu a cena
Ver sonhos sucumbidos
D'uma donzela plena.
------------------------------------

30/04/19 20:49 - Francisco de Assis Góis
Não acredito que a vida,
A lápide vá cessar,
Ela só marca a partida,
Que é feita pra outro lugar.
------------------------------------

30/04/19 21:06 - Uma Mulher Um Poema
A morte não vence a vida,
Por muito que cause a dor.
Deus é a misericórdia infinita!
O céu recebe o aroma da flor. 
------------------------------------

30/04/19 21:15 - Luiza De Marillac Michel
Na mesma pedra se encontram,
Conforme o povo traduz,
Quando se nasce - uma estrela,
Quando se morre - uma cruz.
Mas quantos que aqui repousam
Hão de emendar-nos assim:
"Ponham-me a cruz no princípio...
E a luz da estrela no fim!"

Mario Quintana - Desse imortal mestre!
-------------------------------------

30/04/19 21:17 - Cristina Gaspar
Lápide marmorizada
Esconde um adeus que não foi
A dor não fica sepultada
Nos segue tal carro de boi.
-------------------------------------

30/04/19 22:49 - António Souza
Coração moribundo de amor padeceu
Foi em busca de novos ares 
Gritando ao vento que não morreu
Há de ser feliz nadando em novos mares.  
-------------------------------------

04/05/19 00:24 - Alberto Valença Lima
Penso em algo pra falar
Mas não quero lá ficar
Não gosto da pedra fria
O que quero é alegria. 
-------------------------------------
06/05/19 07:48 - Sandra Rosa
A lápide não é fim
E sim um recomeço
Uma vida renovada
Na paz eternizada.
-------------------------------------


 
POETA OLAVO
Enviado por POETA OLAVO em 30/04/2019
Reeditado em 08/05/2019
Código do texto: T6635529
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
POETA OLAVO
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 77 anos
1276 textos (36876 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/19 08:05)
POETA OLAVO