Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
============================ 
"Meu livro não teve padrinho,
assim como não teve molde."

============================ 

===================== 
Emília Freitas (1855/1908)
===================== 

Foi uma romancista, poeta e professora brasileira natural de Antiga União, hoje Jaguaruana (CE). Filha de militar, ela se mudou com a família para Fortaleza após a morte do pai. Emília se formou professora e, em 1873, passou a colaborar em diversos jornais literários, escrevendo contos e poesias. A maioria das poesias foi compilada em um volume chamado “Canções do Lar”. Emília Freitas exerceu o magistério no Instituto Benjamin Constant, onde lecionava para meninos. Em 1899, ela publicou sua principal obra, “A Rainha do Ignoto”, marcada por conter traços ficcionais, sendo considerada um dos primeiros trabalhos do gênero fantástico no Brasil. Emília também participou ativamente da Sociedade das Cearenses Libertadoras, grupo que tinha caráter abolicionista. 
=======================================================


A TROVA DO DIA - CLXXIX
=======================================
"DESCOMPROMISSO


Não sou um poste enrolado,
Com tantos fios a me pegar,  
Quero ser livre e ser amado,
Sem permitir me apaixonar.

============================
--------------------------------------------------------
N.A.: "A TROVA DO DIA" é um projeto de publicação em série de quadras poéticas de minha autoria por tempo indeterminado. Maiores informações a respeito constam das sete primeiras publicações.
--------------------------------------------------------

============================== 
Abraços
==============================


Interações (meus agradecimentos):

12/10/19 11:17 - Antônio Souza
Ah, se eu pudesse dizer
Sou bem livre para amar
Sem com isso me perder
No erro de me apaixonar.  
------------------------------

 
POETA OLAVO
Enviado por POETA OLAVO em 09/10/2019
Reeditado em 12/10/2019
Código do texto: T6765613
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
POETA OLAVO
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 77 anos
1277 textos (36940 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/19 02:39)
POETA OLAVO