Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
==============================================  
"A força do direito deve superar o direito da força."
==============================================


Camara Municipal de Cândido Mendes
 ========================= 
Cândido Mendes (1818/1881) 
=========================

Cândido Mendes de Almeida foi um advogado, jornalista e político brasileiro natural de Anapurus (MA) , tendo sido deputado geral em 5 legislaturas e senador do Império do Brasil de 1871 a 1881, pelo estado do Maranhão, condecorado comendador da Ordem de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa e da Ordem de São Gregório Magno e oficial da Ordem da Rosa. A família Mendes de Almeida é originária de Portugal e, alguns de seus membros se estabeleceram no Rio de Janeiro, em São Paulo e no Maranhão, quando da tranferência da corte portuguesa para o Brasil, em 1808. Fernando Mendes de Almeida, o pai de Cândido, era um capitão da esquadra portuguesa que se radicou na cidade de Caxias, no Maranhão em 1816 e casou-se com Esméria Alves de Sousa,.maranhense natural da cidade de Brejo, filha do capitão-mor Domingos Alves de Sousa e de Eusébia Alves de Sousa, uma senhora muita rica e de grande prestígio, pois sua opinião era ouvida em questões municipais, estaduais e nacionais. Cândido teve 3 irmãos e um deles era João Mendes, ilustre jurista e professor na Faculdade de Direito de São Paulo. Em 1839, aos 21 anos, Cândido Mendes formou-se na Faculdade de Direito de Olinda, onde teve como contemporâneos figuras notáveis, como Augusto Teixeira de Freitas, na turma de 1837 e Antônio Herculano de Sousa Bandeira, na turma de 1838. Em 1874 defendeu, como advogado, no Supremo Tribunal de Justiça, o bispo Dom Vital, na chamada Questão Religiosa. Tratou do caso no Conselho de Estado e no Senado do Império, quando pronunciou importante discurso em que abordou a política do governo em relação à Igreja. O discurso, registrado nos anais do Senado, tem mais de cem páginas . Foi jornalista e fundou, no Maranhão, dois jornais: O Brado de Caxias e O Observador. Cândido Mendes casou-se com Rosalina Ribeiro Campos, com quem teve dois filhos: o jornalista e senador Fernando Mendes de Almeida (1845 — 1921) e o jurista e professor Cândido Mendes de Almeida Filho (1866 – 1939). Também são seus descendentes o político e escritor Cândido Mendes de Almeida Júnior (morto em 1962), o bispo D. Luciano Mendes de Almeida (1930 — 2006), ex-presidente da CNBB, e o jurista Cândido Antônio José Francisco Mendes de Almeida (1928), reitor da Universidade Cândido Mendes. O cardiologista Domingos Martins Costa (1851 — 1891) era seu primo em segundo grau. Em Brejo (Maranhão) na cidade em que nasceu, existe um colégio do ensino Médio chamado "Centro Ensino Cândido Mendes" em sua homenagem. E com anexos: Anexo 1 em Vila das Almas turno noturno e anexo II no Povoado Palestina Turno noturno. Foi autor de várias obras nas áreas de Direito, História e política.  Na capital do Estado de São Paulo, no bairro Jardim Novo Carrão, existe a Rua Cândido Mendes de Almeida. Também na capital do Amapá, Macapá, a avenida mais antiga da cidade leva o nome do senador, localizada no Centro histórico.
========================================================


XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX
XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

A TROVA DO DIA - DXXII

============================
 
"FUROR"
Mulher Que Joga Com Laço Do Homem Imagem de Stock - Imagem de lust,  fantasia: 67122943
Minha gana enlaça você,
Está fervilhando demais,
Do seu mel eu quero ter,
O doce gosto de te amar.
===================== 
----------------------------------------------------
N.A.: "A TROVA DO DIA" é um projeto de publicação em série de quadras poéticas de minha autoria por tempo indeterminado. Apesar de não ser considerado pelas regras literárias, as minhas trovas são identificadas por títulos e algumas delas não obedecem as sete sílabas por estrofe. No entanto, todas terão as rimas e as mensagens como objetivo principal neste trabalho. Na realidade, nessas apresentações, os meus textos deveriam ser classificados como "quadras poéticas", mas preferi identificar o meu projeto com títulos e não com números, como seria o caso.
------------------------------------------------

============================== 
Abraços
==============================


Interações (meus agradecimento):

17/09/20 13:26 - Antônio Souza
Mulher bonita que me seduz
Está pronta pra ser amada
Dela tenho fogo que reluz
Ela gosta da minha pegada.  
-------------------------------
17/09/20 20:52 - Joselita Alves Lins
Nessa laçada eu me enrosco
Pra nunca mais me soltar,
Pois é de você que eu gosto,
E esse amor vou exaltar. 
-------------------------------

 
POETA OLAVO
Enviado por POETA OLAVO em 16/09/2020
Reeditado em 18/09/2020
Código do texto: T7064918
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
POETA OLAVO
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 78 anos
1697 textos (48941 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/09/20 14:33)
POETA OLAVO