Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                              TROVAS 107c

     Me fazer feliz...
  Não é necessário!
   É da minha raiz...
Nasci neste cenário!...
           (Maysa)


                            A felicidade habita meu ser...
                           Entra e sai, sem pedir licença!
                               Vai além do meu querer...
                             É indomável de nascença!...
                                             (Santher)

   Feliz é esse cenário,
  onde brotou bela flor...
Que seja sempre diário,
seu belo canto de amor!
         (Zélia Nicolodi)

                            Que queres?... já sou feliz!
                           É minha a doce madrugada...
                          Meus estes pastos dourados...
                          Aqui só passo na minha blitz!
                                     (zeca repentista)

         Dos pampas és uma flor...
         No Recanto da mais vida!
Em todos os cantos espalha amor...
         É a minha guria querida!...
                     (Malu Novo)


                                  Inspirada na paisagem,
                                  compuseste bela cena
                               pra mandar tua mensagem
                                 de forma doce e serena!
                                 (Reneu do Amaral Berni)


  De forma doce e serena...
    Estou aqui a participar!
Pois quando entro em cena...
   Deixo coisas boas no ar!...
         (Poetisa Amadora)


                              -A felicidade me espreita
                           De uma forma envergonhada,
                             Entra em mim devagarinho
                               Deixando-me baralhada.-
                                             (Lucibei)


A vida se vai de repente,
  e o tempo não perdoa...
   Você sempre foi feliz
e sua poesia muito boa...
Hoje vou pra Porto alegre,
pois não vou morrer à toa...
             (Jacó Filho)

                             Eu procuro a tal felicidade
                          Numa flor, no mar, no coração
                                E daí extraio a verdade
                         Que motiva esta minha canção!
                                           (Ledalge)
Maysa Barbedo
Enviado por Maysa Barbedo em 12/11/2007
Reeditado em 12/11/2007
Código do texto: T734799

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maysa Barbedo
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
2967 textos (327863 leituras)
7 áudios (1543 audições)
104 e-livros (20177 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 20:56)
Maysa Barbedo